Home Artigos : O fim dos HUDS no PokerOnline?

[OPINIÃO]: O fim dos HUDS no PokerOnline?

Em um recente comunicado, o PokerStars, maior provedor de poker online do planeta, anunciou diversas modificações em sua plataforma e em seu sistema de promoções, sendo uma delas o possível fim dos HUDs, os Heads Up Displays, que mostram as estatísticas dos adversários para seus usuários.

MAS O QUE SÃO OS HUDS E PARA QUE ELES SERVEM?

Os HUDs são ferramentas completíssimas de estudo e de informação para jogadores de poker online. Ele lê todas as mãos jogadas nos sites que não os proíbem e dão ao seu usuário as estatísticas dele próprio e de seus adversários, além de permitir análise de sessões, replay de mãos, visualização do efeito da sorte em determinado prazo e até gráficos mostrando vitórias e derrotas dos usuários. Eles podem ser adquiridos por qualquer jogador e são autorizados pelos sites nos quais podem ser utilizados. Apesar de não serem baratos, eles são (ou eram) um ótimo investimento para quem está disposto a aprender a utilizá-los.

Não deixe de ver: Joe McKeehen amplia vantagem, restando três jogadores na briga pelo mundial de poker

Eu sou usuário e entusiasta do produto desde 2009, quando adquiri minha primeira licença do Hold’em Manager, e depois dando upgrade para o Omaha Manager. O software sempre me ajudou a estudar, rever mãos e, principalmente, a jogar diversas telas ao mesmo tempo sem ter que necessariamente prestar atenção em todas simultaneamente.

O problema é que os softwares foram evoluindo. No princípio o intuito era ler as tendências do adversário em mãos jogadas apenas contra o usuário do HUD. Mas logo foram criados sites de venda de mãos. A partir daí, jogadores podiam comprar, por exemplo, o último milhão de mãos jogadas nas mesas de blinds US$ 0,50/US$ 1,00 num determinado site. E isso foi complicando a vida dos jogadores recreativos de poker na internet.

Veja também: Com Decano, C.K. e Raul Oliveira, Brasil Poker Live anuncia o seu “Time dos Sonhos”

Em uma recente conversa, o líder do ranking mineiro, Sanyo Capobiango, fez uma interessante analogia. Disse ele que sendo o poker online um simulador do jogo ao vivo, os HUDs corresponderiam a você contratar diversos “capangas” para frequentarem todas as mesas de poker de todos os clubes de uma cidade e pedir a eles para anotarem a tendência e os números de todos os jogadores, além de suas perdas e ganhos.

Dado o exagero da comparação, obviamente feita em tom de brincadeira, é necessário pensarmos a respeito do equilíbrio do “ecossistema” do jogo na internet.

UMA CURTA HISTÓRIA DO POKER ONLINE

O começo do poker online foi – como dizem os jogadores: “um sonho”! Nos tempos do Paradise e do Party Poker, a grande maioria dos jogadores via o jogo como puro entretenimento, e os jogadores que tinham acesso a informação, disposição para estudar e disciplina ganharam muito dinheiro com o jogo.

[VEJA AQUI]: Inter 2015 celebra a força do poker universitário

À medida que as pessoas passaram a ver o poker como uma forma de ganhar dinheiro, as diversas formas de obtenção de informações a respeito do jogo foram ficando cada vez mais completas e melhores. Explodiram então os fóruns de discussão, livros e sites de treinamento, e naturalmente os HUDs e softwares externos, que davam estatísticas, ajudavam em decisões e escolhiam os melhores assentos para o jogador entrar.

A questão é que para haver ganhadores no poker é necessário haver jogadores recreativos, e estes precisam ser protegidos.

Observemos então a opinião que ouvi de diversos amigos que são jogadores recreativos e pararam de jogar online. É consenso entre eles que seus objetivos finais não são tirar dinheiro do jogo. Claro que quando baterem um grande torneio vão mandar o dinheiro para a conta e ficarão muito satisfeitos com isso, mas na maioria do tempo eles querem apenas se divertir com o valor que depositam durante muito tempo! Em resumo, o que os jogadores recreativos querem é investir em sua diversão.

Mais: Jennifer Harman e John Juanda são eleitos para o Hall da Fama do Poker

O problema é que softwares de estatísticas e de bum hunting (softwares que informam aos profissionais onde estão sentados os jogadores tecnicamente inferiores) estão matando o jogo online para os jogadores recreativos. Eu já ouvi pessoas próximas dizerem que se sentem jogados num rio de piranhas quando jogam nos grandes sites de poker online. E a eliminação dos HUDs, caso o PokerStars consiga efetivamente evitar que eles sejam usados, pode trazer ótimas consequências para o poker online.

E QUAL DEVE SER O IMPACTO DISSO NO JOGO?

É difícil prever exatamente qual será o efeito da proibição dos HUDs no PokerStars, mas considerando tudo o que vi desde o começo do jogo, eu acredito que isso pode ser um grande chamariz para que os jogadores recreativos voltem a jogar no site e para que os novos jogadores que resolverem aprender a jogar fiquem no site por muito tempo.

Os jogadores vencedores vão deixar de ser vencedores? Provavelmente não, já que eles têm bons fundamentos, tomam as melhores decisões e são disciplinados. E também os jogadores recreativos não deixarão de perder no longo prazo, afinal eles estão ali para se divertir!

Não deixe de ver: Mineirão receberá torneio com R$500 mil reais garantidos

O que eu acredito que pode acontecer de mais positivo com essa mudança é que um jogador que hoje joga 12 mesas simultâneas de um valor qualquer vá passar a jogar menos mesas de um valor mais alto, diminuindo a quantidade de jogadores recreativos que ele consegue “trucidar”, gerando assim um equilíbrio entre ganhadores e perdedores, e gerando, quem sabe, uma nova corrida do ouro no esporte que tanto amamos.

Agora é aguardar e torcer!

Assinatura-Kalil

Deixe seu comentário