Após duas semanas de ação a equipe humana de Doug Polk, Bjorn Li, Dong Kim e Jason Les triunfou sobre o super computador “Claudico”.

Li foi o maior vencedor, dominando Claudico por $ 529 mil dólares. Polk também foi muito bem sucedido, ganhando $ 213 mil dólares. Les foi o único jogador no vermelho contra o sistema de inteligência artificial desenvolvido pela Universidade Carnegie Mellon . Ele perdeu $ 80 mil para “Claudico” mas o desempenho geral da equipe foi mais do que suficiente para colocá-los no topo.

VÍDEO: Assista ao trailer do documentário que contara a vida de Daniel Negreanu

No total, foram jogadas 80.000 mãos de “No-Limit Hold’em”, o que não é uma amostragem pequena.

Entenda o desafio

PARCEIROS   

Você leu aqui que os pesquisadores da Carnegie Mellon University estão colocando o seu programa de computador(Claudico) para enfrentar alguns dos melhores profissionais de poker do mundo. O desafio é mais um passo do projeto que já dura mais de dez anos e tenta desenvolver um sistema capaz de vencer os seres humanos no poker.

Não deixe de ver: Viktor Blom assume o topo da lista dos maiores vencedores “high stakes” de 2015

Segundo os cientistas, as inúmeras variáveis ​​do poker são o teste perfeito para o desenvolvimento da inteligência artificial. A competição da prosseguimento ao trabalho de outros pesquisadores da Carnegie Mellon, que têm contribuído para os desafios do desenvolvimento da inteligência artificial, tais como o programa “Deep Blue” da IBM que venceu mestre de xadrez Garry Kasparov em 1997 e “Watson”, também da mesma empresa, que bateu os campeões do “Jeopardy”, Brad Rutter e Ken Jennings em 2011 .

Uma pergunta fica no ar

Chega ao fim o desafio Homem vs Máquina. No duelo, entre ‘Claudico” e os quatro profissionais do poker, não foi dessa vez que o sistema de inteligência artificial superou os humanos. Novos duelos vão surgir e essa será uma pauta que certamente ainda vai aparecer muito nas manchetes. Mesmo sendo um jogo com informações incompletas, chegará o dia em que a máquina será capaz de fechar todos os algorítimos do poker. A pergunta que fica é: Até quando vamos resistir à máquina? Para muitos, isso é só uma questão de tempo e depende pura e simplesmente da evolução da capacidade de processamento dos super computadores. E você? O que pensa sobre isso?

Veja também: Fernando Scherer conquista seu primeiro título no poker

VÍDEO: Assista ao trailer do documentário sobre Martin Jacobson

Quer saber mais sobre o mundo do poker? Curta nossa fanpage no facebook e fique por dentro de tudo o que acontece no esporte mental que mais cresce no País. Prometemos mantê-lo informado!

Mais:Felipe Mojave dá dicas de poker para Neymar Jr.

Deixe seu comentário

   
SHARE