Desde a última sexta feira até o dia 07 de maio, está acontecendo diariamente em Pittsburgh,  um desafio entre o jogador profissional Doug ‘WCGRider’ Polk e três colegas de profissão contra o programa de computador  ‘Claudico’, um sistema projetado por uma equipe da Carnegie Mellon University. Os enfrentamentos acontecem no formato “heads up” na modalidade “No Limit Hold’em” e têm duração prevista de oito horas diárias de jogo.

O desafio, homem contra máquina, acontece no Rivers Cassino e é patrocinado pela Microsoft, que dará um prêmio de  US $ 100.000 em dinheiro, para o jogador que conseguir o melhor aproveitamento ao longo de 80.000 mãos de poker contra “Claudico”. O cassino também criou arquibancadas para o público assistir a ação.

Não deixe de ver: Cort “thecortster” Kibler-Melby têm sua vingança sobre “Isildur1″

É muito legal estar na vanguarda de uma tecnologia como esta“, disse Polk. “Espero que possamos representar bem os humanos e superar este computador. Eu sei que um dia os computadores serão capazes de vencer os seres humanos, mas espero que possamos adiar isto por um certo tempo “.

PARCEIROS   

Desde que foi anunciado que o programa de computador “Cepheus ‘poderia jogar perfeitamente a modalidade “Limit Hold’em”, existe um grande temor na comunidade do poker, de que um computador seja, em breve, capaz de vencer um humano na modalidade  “No Limit Hold’em”, a forma mais complexa do jogo. O medo é que, caso isso aconteça, toda a legitimidade do poker online seja destruida.

Veja também: Michelle Chin é a primeira mulher a conquistar um “Main Event’ do WSOP Circuit

Mas o professor de ciência da computação e criador do sistema “Claudico”,  Tuomas Sandholm, garante que ainda há muito para ser feito, antes que isso seja possível. Ele está animado sobre a colaboração de alguns dos mais brilhantes talentos do poker no mundo para a evolução de seu projeto.

“O jogo “No Limit” é tão complicado que abre mais situações possíveis do que átomos no universo. “Estamos usando esses algoritmos para o poker, mas eles são realmente desenvolvidos para uso em qualquer jogo de informação incompleta em geral. Além de segurança cibernética, negociações e medicina.” destacou Tuomas.

O nome latino “Claudico”, que pode ser traduzido como “limp” vem de uma propensão do programa em adotar uma estratégia conhecida como “limping”, que equivale a reação de simplesmente pagar uma aposta ao invés de aumentar ou desistir da mão. Essa é uma estratégia pouco usada por profissionais.

A competição, que terá início  às 11 horas de sexta-feira se baseia em uma série de trabalhos científicos que têm contribuído para o desenvolvimento da inteligência artificial, incluindo o programa da IBM “Deep Blue”, de 1997, que bateu mestre de xadrez Garry Kasparov e “Watson” também da IBM que venceu os campeões do “Jeopardy” Brad Rutter e Ken Jennings, em 2011.

Você poderá acompanhar por aqui o desempenho de Polk e seus colegas no desafio ao longo das próximas duas semanas.

PLACAR DA DISPUTA: Confira quem venceu o desafio!

VÍDEO: Assista ao trailer do documentário sobre Martin Jacobson

Quer saber mais sobre o mundo do poker? Curta nossa fanpage no facebook e fique por dentro de tudo o que acontece no esporte mental que mais cresce no País. Prometemos mantê-lo informado!

VÍDEO: Negreanu faz xixi ao vivo em transmissão no Twitch e vira piada na internet

Mais: Com 25 milhões de dólares garantidos, o “Super High Roller Bowl” atrai a atenção do mundo

Deixe seu comentário

   
SHARE